quarta-feira, 4 de junho de 2014

Candidatos aprovados em concurso no Recife reivindicam contratação

Publicado em 04.06.2014, às 16h55

5ae1d55acfb6318336014b61c8193e73.jpg
Os 82 candidatos estão à espera de nomeação
Foto: Divulgação

Do NE10
ATUALIZADA às 19h47
Os 82 candidatos aprovados no último concurso da Secretaria da Controladoria Geral do Estado de Pernambuco (CGE-PE) promovem nesta quinta-feira (5) uma manifestação para denunciar o atraso na nomeação dos selecionados. O certamen foi realizado em 2010 e a nomeação ainda pode se arrastar até 2018. Está marcada uma panfletagem na Avenida Agamenon Magalhães, área central do Recife, para chamar a atenção da população sobre o caso.
De lá, eles pretendem seguir em caminhada com carros de som para a frente do Palácio das Princesas, onde esperam ser recebidos pelo governador do Estado. A falta de convocações é alvo de críticas por parte dos aprovados.
De acordo uma das aprovadas, que pediu para não ser identificada, o sentimento de indignação impera entre os candidatos. A segunda etapa do concurso, diz ela, seria o curso de formação, que só ocorreu em fevereiro deste ano.

"Depois de quatro anos conseguimos realizar o curso de formação. Mesmo assim não temos expectativa de quando seremos convocados para assumir o cargo. O edital explica que após a realização do curso, a CGE tem um prazo de dois anos para começar a nomear, podendo este prazo ser estendido por mais dois anos. Pelo visto vamos ter que esperar até 2018 para, talvez, sermos chamados. Um absurdo", explicou a candidata.

A CGE-PE, órgão responsável por ações de combate à corrupção, pela fiscalização e transparência da gestão pública, possui atualmente um grande desfalque de servidores, segundo a aprovada. O órgão deveria operar com 180 servidores, mas atualmente se encontra com apenas 70 funcionários. Os 82 aprovados criaram uma página no facebook para alertar a sociedade sobre a lentidão da nomeação e divulgar as funções da Controladoria.

Os candidatos fizeram seleção em 2010 para os cargos de de analistas de Controle Interno, com especialidades em Finanças Públicas (72 vagas), em Obras Públicas (08) e em Tecnologia da Informação (02).

RESPOSTA - A Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE), disse, através de nota, que a Controladoria vem cumprindo com as exigências do edital da seleção e que o Governo tem um prazo de dois anos para convocar os candidatos. A nota não esclareceu sobre o número reduzido de funcionários no órgão. Confira a íntegra:

A Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE) vem realizando importante papel no controle, regularidade e transparência na gestão pública. A Controladoria realizou, de 3 a 28 de fevereiro deste ano, o Programa de Formação para aprovados na primeira etapa do concurso para a vaga de analista de controle interno. A capacitação ocorreu no CEFOSPE, onde 92 matriculados cumpriram carga horária de 200 horas-aula. De acordo com o edital do concurso, o Governo de Pernambuco tem dois anos, a partir da homologação da segunda etapa do concurso, para chamar os candidatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário